"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." - Romanos 12:2

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Um novo significado para a música

por: Daniel Azevedo

Há muitos exemplos de músicos que alcançaram a excelência em sua arte,  massem permitir que quaisquer fatores modificassem seus princípios ou seu caráter. Muitos deles encontraram uma fonte infinita de inspiração em seu relacionamento pessoal com Cristo. A Ele, expressaram sua adoração através de lindas composições.

A imagem ao lado representa o rei Davi adorando a Deus com seu instrumento. Davi escreveu inúmeras canções de louvor, profundamente inspiradas. As letras de suas composições estão registradas nos Salmos, livro poético das Escrituras. Davi adorava a Deus como seu Criador e Mantenedor, sua proteção e auxílio em meio às lutas do viver.

“Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia as obras das Suas mãos.” Salmo 19:1

“Na minha angústia, clamo ao Senhor e ele me ouve.” Salmo 120:1

“Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; e, segundo a multidão das tuas misericórdias, apaga as minhas transgressões.” Salmo 51:1

“As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na Tua presença, Senhor, rocha minha e redentor meu!” Salmo 19:14

Johann Sebastian Bach (1685-1750) é, sem dúvidas, o mais influente compositor cristão da história da música. Muitos o consideram como um dos maiores gênios musicais da cultura ocidental. Sua obra é amplamente executada e apreciada, não somente no meio erudito, mas em diferentes contextos e segmentos musicais.

Segundo Bach, "o objetivo e finalidade maior de toda música não deveria ser outro além da glória de Deus e a renovação da alma". Costumava concluir suas obras com as iniciais S. D. G. (Soli Deo Gloria), dedicando-as "à glória de Deus somente".

Há algum tempo, venho buscando inspiração nesta mesma Fonte. Nunca antes havia escrito letras de canções, mas como resultado de um relacionamento com Jesus, há muito mais a dizer ou expressar. Há um prazer indescritível em tocar, cantar ou compor músicas que descrevem profundamente aquilo em que acreditamos.

Quando adoramos a Deus através da música, manifestamos amor, gratidão e alegria Àquele que nos ama infinitamente e incondicionalmente. Músicos e ouvintes são envolvidos numa atmosfera de louvor e a música ganha um novo e maravilhoso significado em nossas vidas!

“Louvarei ao Senhor durante a minha vida; cantarei louvores ao meu Deus, enquanto eu viver.” Salmo 146:2